MAURICE ASTROEL

Astrologia

A mandala Astrológica

Mandala-Astrologica

Usamos na nossa representação do céu de nascimento ou do início de qualquer novo ciclo ou acontecimento a mandala astrológica; composta de um círculo que contém todos os signos, planetas e outros elementos simbólicos. Na idade média essa representação era feita com o desenho de um quadrado.

Mandala vem do sânscrito; e se refere a um espaço de magia e equilíbrio. As mandalas são instrumentos de poder que possibilitam a integração com todos os aspectos da vida.

São encontradas principalmente na Índia e também em outras culturas como por exemplo nas nações indígenas Navajos na América do Norte.

C. G. Jung preconiza que desenvolver atividades com as mandalas possibilitam a integração psíquica, a ordenação do caos mental ou emocional. Possibilitam ao indivíduo lidar com as múltiplas facetas da realidade interna e externa. A equilibrar o jogo de forças opostas e complementares da sua natureza.

No trabalho com o cliente e com os alunos em astrologia, desenvolvemos essa percepção e integração da mandala astrológica. Seja nas aulas, seja na consulta em que apresentamos e manipulamos o mapa astrológico impresso para o cliente.

Porém o estudo de astrologia e muitas vezes a própria consulta, se apresentam como distantes e abstratas. Muitas vezes percebemos que o cliente se ressente de uma intervenção e uma participação mais efetiva durante a consulta. A atitude de distanciamento e diferenciação em que o astrólogo detém o saber e o consulente se mantém passivo; limita toda a potencialidade do uso da mandala em astrologia.

Mais Acessadas

 
 
Você está aqui: Home Astrologia A mandala Astrológica